segunda-feira, 16 de maio de 2011

Animais de estimação para as crianças

Ele alegra, ensina e até cura. Com os cuidados e a escolha certa, crianças e bichos podem ser uma dupla de sucesso. Pesquisa mostra, também, os benefícios durante um tratamento médico
Amizade antiga
Esse companheirismo entre homem e animal é muito mais antigo do que imaginamos. Há registros do século 12 mostrando que as famílias viviam sob o mesmo teto com seus animais, como bois, cavalos, porcos, ovelhas, macacos, aves domésticas. A moradia era uma verdadeira Arca de Noé. Hoje, a quantidade de bichos dentro das casas é, com certeza, bem menor. O historiador Keith Thomas, em seu livro O Homem e o Mundo Natural (Ed. Cia. das Letras), destaca que o cão foi, de longe, eleito o animal preferido pelo homem. Primeiro, para proteger a propriedade e, por volta do século 17, tornando-se objeto de satisfação emocional. Domesticados, os cachorros obedecem aos donos e gostam da companhia humana.

Um companheiro em casa

Se o principal benefício é a companhia, então os cachorros seriam os presentes ideais, por exemplo, para filhos únicos, podem pensar algumas pessoas. Calma. Não é bem assim. Apesar de o animal ocupar uma posição prazerosa na vida da criança, ele não supre a relação que ela necessita ter com humanos, que é muito complexa. Crianças menores de 10 anos não têm capacidade para cuidar plenamente do animal. "A partir dos 7 anos, os pais podem atribuir uma tarefa para ela", diz a pediatra Sandra. E qual, dentre os cuidados necessários: alimentar, dar água, passear, dar banho, limpar o local onde ele fica, entre outros? Assim como a criança não consegue arrumar o quarto inteiro, limpar janelas, trocar roupa de cama, ela também não pode cuidar totalmente do animal. É colocar nas costas da criança uma responsabilidade que é dos adultos. Se estabelecer que o filho é responsável pela água do bicho, essa atividade deve fazer parte da rotina infantil, o que não significa que, durante um certo tempo, você não terá de lembrar isso à criança.


Antes de comprar, pense...
... na idade da criança - Não existe uma idade certa. Mas se o seu filho nasceu faz pouco tempo, espere até ele fazer uns 3 anos. Ter um filhote e um bebê em casa requer muita organização e disponibilidade de tempo.

... no espaço disponível - Peixes, roedores, aves e gatos se adaptam bem em casas pequenas e apartamentos. Para cachorros, não vale pensar só no tamanho. Algumas raças pequenas não suportam lugares com pouco espaço, enquanto outras, médias, ficam bem neles, desde que os donos façam passeios diários. Por isso, informe-se sobre as características da raça antes de finalizar a compra.

... nos gastos - Sim, eles existem e podem fazer diferença no fim do mês. Gatos e cachorros precisam de vacinas e vermífugos. Aves, como a calopsita, necessitam ter as asas aparadas para não voar e fugir. Roedores exigem gaiolas específicas. Gatos requerem areia determinada para fazer xixi e cocô. E todos devem comer rações de boa qualidade.

fonte de pesquisa: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI19220-15152-5,00-ANIMAIS+DE+ESTIMACAO+PARA+AS+CRIANCAS.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário